sábado, 8 de maio de 2010

"Bater para relaxar"


A correria do dia a dia faz com que a gente procure sempre alguma coisa para relaxar. Algumas pessoas gostam de ouvir música, outras de dançar. Também tem quem prefira uma boa leitura, um barzinho com uma cervejinha gelada, um banho de praia. Eu gosto de algumas dessas coisas citadas – tirando a cerveja é claro, já que não bebo -, mas descobri um novo lazer, uma forma nova para desestressar. Estou fazendo Muay Thai.


Para aqueles que não sabem do que se trata o Muay Thai é uma luta marcial originaria da Tailândia. Na verdade a diferença dele para o boxe comum é que Muay Thai é uma mistura de murro com chute. Parece uma dança sincronizada, com um mexido na cintura. Dizem os sites que falam do esporte que ele surgiu diante das necessidades dos povos daquele país em se protegerem de invasores que tentavam conquistar seu território.


Já conheço o esporte há alguns anos, acho que mais de sete, quando minha irmã resolveu fazer. Até tentaram me ensinar alguns golpes há algum tempo, mas nunca me interessei. O Luiz também faz há algum tempo, chegou a me chamar algumas vezes para treinar com ele, mais acho que desistiu diante da minha moleza. Até que criei coragem e resolvi tentar.


Não é que me apaixonei pelo negócio. Descobri o prazer de jogar toda a minha fúria e os problemas do dia de trabalho, nos golpes que aprendo a cada aula. É muito divertido o treino. Me acabo de rir, com meu jeito bem desengonçado de golpear e chutar. Sem falar durante o aquecimento. Me falta coordenação motora para tudo.


Espero que essa minha empolgação não seja passageira. Já estou matriculada na academia e a cada coisa que aprendo, sinto ainda mais vontade de continuar e aprender. O meu jeito, sem jeito não me intimida, me encoraja a continuar. Mas, o que mais me anima e poder tirar a carga do dia a dia com a utilização da força.


Indico o esporte para aqueles que não conhecem conhecer. Tem seus requintes de violência, como toda arte marcial, mas é relaxante. Pelo menos não precisamos ficar nos agarrando com outras pessoas, como acontece no jiu-jítsu – que também já tentei fazer. Gosto dessa coisa de agilidade, rapidez. Tenho relaxado bastante.


Dizem por ai que o Muay Thai vem ganhando cada vez mais praticantes, é uma luta que desenvolve um ótimo condicionamento físico e mental, concentração e auto-confiança. Além disso, o treinamento ajuda as crianças e adolescentes a terem maior poder de concentração nas suas atividades paralelas.


O Muay Thai é tão popular na Tailândia quanto o futebol no Brasil, isso faz da Tailândia a maior potência de tal esporte no mundo. Além de criadores do Muay Thai, os tailandeses também são os maiores lutadores do mundo na sua categoria, até 70 kg em média, isso devido os tailandeses terem uma estrutura física pequena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário