sábado, 29 de maio de 2010

Ganhei, ganhei, ganhei...


Acabo de chegar da festa de premiação do Octávio Brandão de jornalismo ambiental e trago para vocês uma ótima notícia. Ganhei meu segundo prêmio como Jornalista. Estou feliz da vida com esse resultado, mesmo tendo ficado em terceiro lugar. Avalio isso como sendo o reconhecimento ao trabalho que venho fazendo.


Escrevi no prêmio três boas matérias, mas a vencedora teve um gostinho todo especial. Ela foi feita em parceria com ninguém mais, ninguém menos do que com meu marido. A sugestão da matéria foi dele e graças a parceria com galera do Sub Grupamento Ambiental do Corpo de Bombeiros, consegui concretizá-la. Esse prêmio é meu, mas é dele também.


O título foi os “sem florestas invadiram a cidade”. Nela contava a histórias dos animais que estão ficando sem floresta, graças a expansão imobiliária que não para de crescer. Os bichos acabam invadindo as casas, em sua maioria que ficam próximas a matas, e em muitos casos são maltratados pelos donos que não sabem como lidar com isso.


Os Bombeiros em sua tarefa árdua ficaram com a missão de recolher esses bichos e encaminhá-los para o IBAMA. Sendo essa uma das únicas chances de sobrevivência para os animais. Não lembro de dados, mas sei que por semana vários bichos são recolhidos: cobras, tartarugas, quatis, macacos, corujas e na semana da matéria até um veadinho. Tudo conspirou a favor e quando estava produzindo a reportagem apareceu de tudo.


Graças a parceria com o Luiz, que vai além da rotina de casa, mobilizamos a galera do Bombeiros que sempre que aparecia algum bicho lembravam de mim e ligavam para ele. Foram inúmeros telefones para que conseguíssemos flagrar a melhor foto. Sem dúvida senão fosse a ajuda deles não conseguiria ter produzido o que produzi. Eles foram essenciais, que diga eu sobre minha Cuma, a tenente Suzuki, que conseguiu dados quentíssimos para incrementar a matéria.


Ganhar um prêmio, seja lá qual for, é maravilhoso. São coisas que não tem preço como é ouvir seu nome ser anunciado; as pessoas lhe aplaudindo e gritando; os olhares de admiração e encorajamento, daqueles que acreditaram em você. Tudo se passa muito rápido, são várias sensações em alguns poucos minutos de quase “fama”.


Não vou negar que sempre me emociono. Sou chorona e ao ver meu nome no telão e a matéria sendo anunciada fica impossível as lágrimas não virem. Pena que algumas pessoas importantes não puderam estar ali naquele momento, mas sei que estavam de casa torcendo e na expectativa para o resultado. Minha mãe me ligou várias vezes super ansiosa, nem conseguiu dormir para esperar o resultado.


Já que esse texto tem um que de agradecimento, tenho que falar deles que são meus maiores fãs: minha família. Não tem ninguém que se orgulhe mais de mim do que eles e é esse orgulho que me faz querer seguir em frente e tentar fazer o melhor texto sempre. Eles se empolgam com o que eu escrevo, lêem e comemoram quando ficou bom e também dão dicas para quando não ficou. São meus pauteiros de todas as horas, me ligam quando vêem coisas na rua, jamais se esquecendo da jornalista aqui. Sou apaixonada por eles e dedico mais essa vitória a eles.


Sem dúvida esse prêmio é meu, mas também é da minha mãe – que é minha maior fã e admiradora ( e não adianta ninguém ficar com ciúmes, que esse troféu é dela), é do Luiz, do meu pai, do Victor, do Guga, da Mayara, da Tia Joya, da Palmyra, do Paulinho, do André, da Duda, da Vovó Zé, do Vovô Edson, do Felipe, do Bebeto, do Dudu, das minhas amigas e amigos, do pessoal do Corpo de Bombeiros, do O JORNAL e de todos aqueles que acreditam e confiam no meu potencial. Obrigado por existirem e sempre me incentivarem. É o apoio de vocês em todos os momentos que me deixa forte e me faz acreditar que posso ainda mais.


Ganhar o Terceiro lugar tem gostinho de primeiro com a correria que vivemos na redação de O JORNAL, onde temos que dar conta de três matérias para o dia e mais uma especial. Só quem sabe as dificuldades de se fazer um trabalho sério na correria de uma redação é quem está lá vivenciando. Deixo aqui meus parabéns para Yvette Moura, que assim como eu, ficou com o Terceiro lugar em fotografia. Estamos nos tornando uma dupla afinada.


Beijos para todosss!!!

7 comentários:

  1. Viva, minha estante tá ficando pequena.kkkkkk. É muito bom, ou melhor, é maravilhoso ter uma filha assim tão inteligente, e que ainda pra contrariar é linda a cara da mãe kkkkk. Te amo muito e sei que este é apenas o início de uma carreira que será repleta de prêmios e glorias, pois vc uniu, a sua inteligência com o talento. Beijos meu amor que Jesus continue sempre iluminando seu caminho. Amem
    Mamy...

    ResponderExcluir
  2. Layrita,
    ser premiada contigo, embora não tenha sido com a mesma matéria, teve um gosto todo especial! passa por uma irmandade que vem crescendo com o ruge-ruge das manhãs e segue com um entrelaçamento espiritual, que só Deus sabe até onde pode chegar. hehehe...
    adorei ter ganho o Otávio Brandão pq o troféu tem a minha cara!!!! rsss.
    bjossssssssssss.
    MM.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Láyra!
    Nós leitores agradecemos a sua contribuição para fazer em Alagoas o jornalimo com qualidade!
    Hebert.

    ResponderExcluir
  4. Cumaaaa
    Vc sabe a admiração que tenho por vc e seu trabalho, isso ninguém pode negar, hehehh
    Sei do trabalho que tivestes para confeccionar essas matérias e do empenho do Cumpadre tbm, que sempre está contigo nessas aventuras jornalísticas!!!
    Sei tbm, da sua competência, dedicando várias horas do seu dia para deixar, nós, alagoanos e leitores de outros Estados, muito bem informados de tudo que nos acontece e é quando vejo em seus olhos o brilho de amor pela profissão que escolheu seguir, que sinto mais admiração ainda por vc, afinal, tudo que fazemos com amor, sai bem feito e tá aí mais uma prova disso, esse segundo prêmio que vc ganha é fruto de todo teu esforço e será apenas mais um de tantos que virão, tenho certeza disso.
    Mais uma vez, meus PARABÉNS pela conquista e digo que ao receber a ligação do Cumpadre qd vcs ainda estavam lá na premiação, fiquei muito, mas muito feliz e comecei a espalhar para os conhecidos, parecendo uma doida (aliás, mais doida, kkkkk).
    Segue teu caminho que vais muuuuuuuuuuuuito longe.
    Xeruuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

    Viviane Suzuki

    ResponderExcluir
  5. Moreca, parabéns!!! Pôxa, estou triste de só ter ficado sabendo dessa grande notícia hoje. Tenho certeza de que este é o segundo de muitos que virão ao longo dessa sua carreira, que ja é vitoriosa. Além de competente, você é uma profissional dedicada, que ama o que faz e que, por tudo isso, sempre faz um grande trabalho. Estou muito feliz por você!

    Grande beijo, Cor-de-Rosa!

    S.

    ResponderExcluir
  6. APESAR DE MUITOS NÃO SABEREM VOCÊ PUXOU MESMO FOI A MIM... SÓ EU ESCREVO BEM NESTA FAMÍLIA...KKKK...TIRANDO VOCÊ É LÓGICO...VC É UM TESOURO QUE VAI SE APERFEIÇOANDO A CADA DIA...SOU SUA FÃ MESMO E NÃO NEGO Á NINGUÉM VOCÊ SERÁ SEMPRE MINHA QUERIDA, ESPECIAL, PRIMOGENITA ...TE AMO ABSURDAMENTE DEMAIS...TIA ZÓYA...

    ResponderExcluir
  7. Parabéns, grande Láyra!!! Merecidamente homenageada...show mesmo
    bjão

    ResponderExcluir