quarta-feira, 23 de junho de 2010

Entulho já chega a nossa lagoa e praia...

O tamanho da tragédia proporcionada pelas enchentes nos rios que cortam Alagoas ainda estão sendo calculadas. Todos os dias os números de vítimas fatais crescem e os desaparecidos continuam. Talvez a maioria dessas pessoas que foram levadas pela força das águas nunca apareça. Sei que diante do problema, o que vou falar agora é mínimo, mas é algo impressionante e só reforça a proporção da coisa.

Ao passar hoje pela Praia da Avenida e pela Lagoa Mundaú o cenário era totalmente diferente do que estamos habituados. O azul esverdeado do nosso mar e também da nossa lagoa, foi substituído por um marrom lamacento. A areia trazida pelas enchentes no Rio Mundaú invadiu os dois cartões postais. No mar, uma faixa de alguns quilômetros dividi a cor natural com a cor barrenta.

Porém, o que realmente me chamou a atenção foi a quantidade de entulho que a cheia do Rio Mundaú trouxe para a nossa Lagoa, que é o ponto onde o percurso termina. A lagoa está cheia de móveis, barro, plantações que foram arrastadas e principalmente pés de cana de açúcar, principal cultura do Vale do Mundaú.

Ficou impressionada com a quantidade de cana que tinha hoje na margem da praia do Pontal da Barra e da Avenida. Era muito mesmo, parecia um monte de entulho... Infelizmente, não tive como fazer foto, mas jamais imaginei ver uma cena como aquela. Não sei se a prefeitura fez algum trabalho de limpeza, mas o fato curioso merece atenção de quem passar por lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário