quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Ah as nossas crianças!!!

Aonde nossas crianças vão parar? É uma pergunta que gostaria de saber. Hoje, assistindo os jornais em versões nacionais entre as principais notícias estavam o caso de menores envolvidos em crimes. O primeiro que aconteceu no Rio de Janeiro, três irmãs com idade entre três a doze anos formavam uma gangue para assaltar um condomínio de luxo. No segundo, o garoto de 14 anos era líder de um bando que assaltava republicas de estudantes em São Paulo.

As meninas alegaram que eram ameaçadas pela mãe e tinham que roubar para sustentar o vício da genitora com as drogas. O garoto, não deu justificativa, pelo menos nenhuma que fosse apresentada pela nossa imprensa nacional. As vítimas falaram que entre os criminosos. O menino era quem dava as ordens, sem falar do comportamento agressivo e violento.

Essas crianças, que cansamos de dizer que são o futuro do amanhã, estão se tornando o reflexo do hoje. Criminosos, sem educação, agressivos e que vivem à margem da violência. Tenho certeza que a realidade vivida por eles é a mesma: fome; fora das salas de aula; pais envolvidos com a droga e eles faltando um pulo para se envolverem também; violência doméstica e por ai... Vivem na miséria!

Sinceramente não sei quando essa realidade vai mudar. Falta estrutura dentro e fora de casa. Falta ações dos nossos governantes para mudar a vida dessas crianças. Como vamos olhar para elas e desejar que elas sejam o futuro do amanhã? É esse o futuro que desejamos, adultos envolvidos com a criminalidade, miséria e mais e mais violência.

Um comentário:

  1. Amor de fato estamos convivendo com crianças que a cada dia são transformadas em criminosos. E como trabalho com uma população quase miserável, observo que a situação só tende a piorar. Ai pergunto será que a sociedade em geral não é responsável por essa situação? Basta pagar os impostos e não cobrar a sua utilização? E não venham querer me convencer que a situação está assim por falta de legislação. É realmente um problema complexo e que deveria ser refletido por todos que se consideram cidadãos que devem sim responder juntamente com o Estado por toda essa situação que só tem a piorar.
    Beijos te amo

    ResponderExcluir