terça-feira, 3 de agosto de 2010

Fim de férias...

Realmente agora as minhas férias estão mesmo no fim. Amanhã estou de volta ao trabalho. Fazendo um balanço sobre julho, diga-se de passagem mês que adoro, foi umas férias bem paradonas. Parece que tudo conspirou contra o meu mês de descanso. Nada de grandes viagens e muito ócio.

Aprendi algumas lições. Férias em julho nunca mais e sem o Luiz tirar junto, também. Eita mês complicado e caro. Como é o mês das férias escolar os preços de passagens aéreas, hospedagem e passeios triplicam. Não existe se quer uma boa promoção, apenas para os destinos de praia, que com essa chuva que não para de cair ficam literalmente inviáveis.

Sem contar que minhas férias foram metade com o Luiz e a outra metade levando ele no Quartel. Com essa destruição que aconteceu em junho, a escala dele foi reduzida de 24 horas por 72 horas. Isso quer dizer um dia no trabalho e dois em casa. Só que um desses dias em casa era dormindo, cansado da rotina puxada. Não pudemos fazer se quer nenhuma grande viagem.

Ainda tentamos nos aventurar. Saímos pelo interior de Pernambuco para fazer umas comprinhas básicas e seguimos rumo a Garanhuns onde estava acontecendo o Festival de Inverno. Íamos ficar uma noite, onde só queríamos dormir depois do show. Rodamos em busca de pousada, hotel e até motel. A maioria estava lotado, por coincidência nosso presidente Lula estava na cidade e o restante queria ficar rico apenas uma noite.

Por incrível que pareça uma pousada muito da porcaria, nos cobrou R$ 150 apenas para dormir e sem café da manhã. E o Motel, que foi a pior das propostas iria nos custar R$ 200 pela pernoite. Se fosse um lindo Motel, com uma ótima cama e tudo mais, ainda valia a pena. Mas era um desses de beira de esquina.

Passamos por lá, apenas tomamos banho, curtimos o show e seguimos rumo a Maceió, numa aventura que me rendeu o resto das minhas unhas, diante da emoção. NUNCA MAIS VIAJO A NOITE NUMA ESTRADA DO ESTADO VIZINHO. Pelo menos consegui embutir essa idéia no Luiz também, que não gostou da minha ladainha durante a viagem de volta.

Como já decidi. Nada de férias em julho. Em 2011 será tudo programado. Vou deixar meu mês querido de lado e aproveitar as promoções da baixa temporada – agosto, setembro e outubro. É incrível como tudo fica mais em conta... Deixo a dica para vocês também...

Nenhum comentário:

Postar um comentário