terça-feira, 7 de setembro de 2010

SMTT e sua fábrica de multas

Foto gazetaweb.com

Até que enfim alguém resolveu tomar as providências contra a fábrica de MULTAS da SMTT. O Ministério Público Estadual ingressou com uma ação civil pública para apurar as denúncias sobre irregularidades no serviço dos Guardas Municipais – que não podem multar – e da história que eles tem cotas para cumprir na aplicação das multas.

Tenho certeza que a maioria dos maceioenses ou quem circula por aqui, já recebeu alguma multa. A maioria trata de avançar sinal vermelho, uso de telefone celular na direção, falta de cinto de seguranças e estacionamento irregular. Tudo sem prova alguma que aponte a irregularidade e sem muita chance da pessoa multada contestar.

A denúncia do MP é clara. As multas são irregulares. Os guardas municipais não são autoridades de trânsito, com isso não podem multar. As multas acabam inválidas e caracteriza desvio de função. Para se tornarem regulares, seria necessária a realização de um concurso público, contratando novas pessoas para o cargo. A função dos guardas é apenas proteção e zelo ao patrimônio municipal.

Sem contar que a SMTT não analisa a defesa prévia dos multados, obrigando as pessoas a pagarem suas multas de todo o jeito. E a pior denúncia de todas, fica por conta da suposta fábrica de multas, com as cotas que os guardas devem cumprir por dia, para garantir determinados direitos como é o caso do vale alimentação. Os próprios guardas teriam admitido isso para o MP.

Enfim... É necessário mudança já. Os cidadãos estão cansados de serem explorados. Ninguém aguenta mais essa situação. Chega a ser absurdo a roubalheira que a SMTT se tornou. E o pior é que as pessoas só pagam, benefícios nada. Maceió tem um trânsito caótico, asfalto esburaco... Só problema! Desse jeito não dá!

4 comentários:

  1. Muito bem. Eu tenjo uma multa de R$ 191,00 de uma infração que não cometi. Multa aplciada pela SMTT. Sem chance de recurso, pois se se pode recursar quando algum dado do veículo anotado na notificação não está correto. Na notificação que recebi estavam modelo, marca, cor e placa. Procurei saber sobre o recurso e fui informada de que só teria êxito se tivessem errado pelo menos um dado na descrição do carro. Ou seja: vou ser roubada em R$ 191,00, pois não cometi a infração indicada. O que fazer? Eu sei que a cobrança é ilegal, mas para renovar o licenciamento, até o dia 30 deste mês, tenho que pagar. Extorsão pura. Eu estou odiando viver nesse lugar.
    Desculpa o desabafo, Santa Rosa. Bjoks, visse?
    Sandra Serra Sêca

    ResponderExcluir
  2. Motociclista revoltado:
    Estava parado com minha moto próximo ao meio fio há mais ou menos 03 metros de uma dupla de guardas da smtt, quando eu ia saindo olhei pra trás por precaução e percebi um dos guardas anotando algo num pedaço de papel, parei e fui perguntar se ele estava anotando a placa da minha moto e na maior cara de pau ele respondeu que eu estava parado em local proibido e por isso iria me multar, isso é um absurdo falei, pois em nenhum momento os guardas sinalizaram para eu sair do suposto local proibido e olhe que a minha distância para eles não era maior que 03 metros, eu só iria saber da multa quando chegasse na minha casa!!! realmente essa SMTT de Maceió tá precisando levar uma multa das autoridades competentes para trabalhar dentro da lei.

    ResponderExcluir
  3. Eles multam ate na hora do almoço, eu passei próximo ao quartel da PM no centro um guarda estava almoçando sentado qdo passou um motorista que usava o celular dirigindo ta ERRADO! Os caras nem para pra comer se fosse uma coisa sem muito interesse pra ele vcs acham que ele iria largar o garfo?

    ResponderExcluir
  4. o que acontece é que o ser humano numca admite estar errado,pois um de vcs fiquem ali na av.Fernandes Lima durante 20minutos pra verem as imprudências que muito motoristas cometem, a função do guarda estando ele irregular ounão, é espinhosa.

    ResponderExcluir