sábado, 9 de outubro de 2010

Paz no trânsito será lembrada durante caminhada

Uma caminhada pela Paz no Trânsito está marcada para acontecer no próximo domingo (17), às 9h, com saída na Praça Multieventos, na Pajuçara. O movimento está sendo organizado por familiares do policial Federal, André Jerônimo Costa de Barros, morto em maio de 2009 após ser atingido por um carro conduzido por um motorista embriagado no Murilopolés.

A manifestação acontece com intuíto de lembrar a sociedade sobre a mistura perigosa entre álcool e direção, já que essa combinação pode tirar a sua vida e a de pessoas inocentes. Familiares de outras vítimas do trânsito também devem se reunir a caminhada, que pedirá punição aos motoristas álcoolizados responsáveis por acidentes.

Ainda em relação ao caso do policial Federal, está marcado para acontecer no dia 20, às 8h, o julgamento de Rafael Teixeira, motorista que atingiu com o carro Ford Ranger, André Jerônimo. Teixeira estava alcoolizado, não tinha carteira de motorista e foi acusado pelo dono do veículo de ter furtado o carro para comprar mais bebida álcoolica.

A esperança de todos é que esse caso não fique impune, como muitos outros. Quem sabe se houver rigor no julgamento, com a punição de quem se arriscou e tinha consciência de seus atos ao beber e dirigir, muitas outras mortes sejam evitadas. As pessoas só aprendem na porrada e por mais que saibam do risco, ao beber se encorajam e acreditam que nada de ruim vai acontecer, puro engano.

No dia do acidente, André Jerônimo seguia com seu veículo um Prisma no sentido contrário ao de Rafael Teixeira, que álcoolizado dirigia em alta velocidade, perdeu o controle do carro na outra via, capotou e só parou após atingir o carro do PF, que morreu na hora.

Hoje, o motorista está solto, esperando o julgamento em liberdade. O problema e que sinceramente não consigo entender, é que ele conseguiu tirar carteira de motorista mesmo respondendo por um assassinato no trânsito. Como um inconsequente, fato comprovado, pode está dirigindo por ai, colocando em risco a vida de outras pessoas? Espero que Justiça seja feita e que no dia 20 haja enfim, a devida punição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário