sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Policiais que cobraram propina a motorista são presos...

É muito bom saber que as coisas estão mudando. Graças a denúncia de uma cidadão que está cheio da corrupção, três policiais militares foram presos acusados de uma suposta tentativa de extorsão. Apesar da mídia quase nunca denunciar esses casos, sabemos bem que essa prática existe e é comum, tanto em Alagoas, quanto no resto país. O famoso jeitinho brasileiro, para se livrar de uma multa.

As histórias envolvendo esse tipo de crime sujam a ficha daqueles policiais honestos, e que realmente estão fazendo blitz para combater irregularidades e a criminalidade. Porém, duvido se a maioria das pessoas quando passa por uma blitz não pensam logo: “estão ali para ganhar um trocado a mais. A famosa bola”. Esse tipo de irregularidade é tão comum, que já se tornou normal.

Porém, por aqui a situação mudou mais uma vez. Na noite de quinta-feira (29), um condutor teria sido abordado numa blitz na BR-316, nas imediações do Pilar, onde os militares teriam exigido uma quantia de R$ 20 para liberar o veículo. A irregularidade do motorista teria ligação com a validade de notas fiscais de mercadorias que estavam sendo transportadas. Ele pagou a quantia, só que invés de ir para casa, resolveu denunciar o caso. Foi até o Batalhão de Polícia e relatou o fato.

Depois da denúncia formalizada, o Centro de Operações da Defesa Social resolveu tomar as providências e determinou a prisão do sargento Fernandes Costa Neto, do cabo Cícero Maia e do soldado Fábio Clemente, supostos envolvidos na cobrança de propina. Os três são lotados no 8º Batalhão da Polícia Militar em Rio Largo e agora passaram da condição de protetores da sociedade, para criminosos ou melhor, até agora, como acusados de um crime.

O comando da Polícia Militar já se pronunciou sobre o caso e disse que não vai permitir maus policiais que maculem o nome da corporação. É bom lembrar que cobrança de propina existe, porque tem quem aceite e pague. Para que isso acabe é bom denunciar. O telefone para esse tipo denuncia é 3201-2000.

Já passou da hora de combatermos esse tipo de postura...

Nenhum comentário:

Postar um comentário